As bolsas de grife mais icônicas que sempre serão relevantes

Saiba mais sobre essas bolsas de luxo atemporais

bolsas mais icônicas de grife

Crédito: Showbit



Os verdadeiros clássicos nunca saem de moda. Estes icônicos bolsas de grife das seguintes grandes casas de moda são a personificação perfeita do tradicional artesanato requintado e da excelente qualidade das marcas. Vamos aprender sobre o encanto extraordinário dessas obras-primas.



As bolsas de grife mais icônicas que serão para sempre relevantes imagem Gucci Jackie 1961

Datada dos anos 60, a bolsa hobo Jackie 1961 da Gucci chamou a atenção de criadores de tendências em todo o mundo com sua forma curva elegante e seu fecho de pistão exclusivo.

Avançando para 2021, a bolsa ainda é amada por muitos por sua silhueta reconhecível e seu apelo atemporal que combina perfeitamente com looks que vão desde o corte inteligente até o grunge. Esteja você fazendo recados ou se encontrando com as garotas para uma noite fora, este clássico contemporâneo é o acessório perfeito para um estilo de vida moderno.



Claro, também não é nenhuma surpresa que a bolsa Jackie 1961 também seja oferecida em uma série de cores diferentes e várias opções de couro. Pense - de pretos amanteigados a tintos exuberantes, sem esquecer a versão que também vê a bolsa em denim jacquard - as opções são abundantes. E isso não é tudo, as novas reinterpretações também vêm com alças de ombro mais longas e removíveis, tornando-as mais adaptáveis ​​e práticas para o uso diário - oferecendo mais flexibilidade que se adapta ao nosso estilo de vida acelerado.

Imagem de Gucci Gucci Jackie 1961 Imagem de Gucci Jackie 1961 Imagem de Hermes Kelly

Sem surpresas aqui - se há uma bolsa cobiçada que alguém sonhou em ter em sua vida, teria que ser a Hermes Kelly. A bolsa icônica fez sua primeira estreia em 1892, era grande o suficiente para caber na sela de um cavalo e conveniente o suficiente para ser carregada em qualquer lugar. Mas em 1935, a bolsa assumiu uma forma mais pequena e foi considerada uma bolsa para os ricos.

A Hermes Kelly é um clássico, e mesmo sendo uma bolsa sozinha, pode elevar toda a sua coleção. Pode ser um lugar para ir todos os dias ou trazido para ocasiões especiais. Por ser desejável, a Kelly como investimento pode ter seu valor tão bem quanto uma Birkin.



Imagem de Hermes Hermes Kelly Imagem de Hermes Hermes Kelly Imagem de Hermes Fendi Peekaboo

Projetada em 2009 pela herdeira de terceira geração da família Fendi, Silvia Venturini Fendi, a bolsa Peekaboo leva o nome do popular jogo de esconde-esconde da infância.

O exterior da bolsa parece elegante e digno, mas o interior é bonito e divertido assim como o nome. Ao longo dos anos, a marca lançou uma série de bolsas Peekaboo em vários formatos e designs, como Peekaboo Essential, Peekaboo Essentially, Peekaboo X-Lite etc., e eles adicionaram todos os tipos de elementos diferentes, como novos materiais, tamanhos e vários acessórios como alças e chaveiros de bolas de pêlo, para manter a bolsa fresca e interessante.

Para o outono / inverno de 2020, a marca lançará uma bolsa Peekaboo ISeeU totalmente nova que tem o formato de uma dobra de acordeão e sorrirá assim que a tampa da bolsa for aberta. Serão três tamanhos ao todo, sendo que entre eles, a bolsa de tamanho médio terá um bolso interno removível que você personaliza imprimindo suas iniciais no couro de pele de carneiro.



bolas de tênis em substituto do secador
Imagem Fendi Peekaboo ISEEYOU Imagem icônica do Fendi Fendi Peekaboo Imagem icônica do Fendi Fendi Peekaboo Imagem Fendi Fendi Peekaboo Essentially Imagem Fendi Fendi Peekaboo Essentially Imagem da Fendi Celine Triomphe

Desde que o designer francês Hedi Slimane assumiu como diretor artístico de Celine em 2018, ele mudou as coisas na marca.

A bolsa Celine Triomphe foi uma das primeiras bolsas que lançou durante a coleção Primavera Verão 2019. Apesar de estar no mercado há apenas um ano, tornou-se uma das malas clássicas da nova geração.

O formato da bolsa é simples e elegante, com uma característica fundamental sendo o fecho metálico duplo C, que foi modificado a partir da criação da criadora da marca Celine Vipiana, o fecho metálico Blazon Chaine.

O motivo foi inspirado na corrente de ferro ao redor do marco parisiense, o Arco do Triunfo, porque o símbolo de duplo C na corrente se parecia com o C da marca.

Desde então, a bolsa Triomphe foi lançada em várias cores e materiais e, embora seu tamanho seja pequeno, ainda é uma escolha prática e versátil para ocasiões formais ou para o dia-a-dia. É também uma bolsa da moda que é popular entre as celebridades.

Imagem Celine Medium Triomphe Imagem de Celine Celine Medium Triomphe Imagem de Celine Celine Medium Triomphe Imagem de Celine Celine Medium Triomphe Imagem de Celine Celine Medium Triomphe Imagem de Celine Dior Lady Dior

Criada em 1994, a bolsa Lady Dior é desenhada pelo então diretor artístico Gianfranco Ferre, que se inspirou na alta costura, e no início tinha apenas um nome não oficial Chouchou que é um apelido carinhoso francês dado a alguém que você ama.

A bolsa foi oficialmente chamada de Lady Dior em 1996, em homenagem à princesa Diana, que adorava a bolsa e exibia sua coleção em vários eventos.

Cada etapa do processo de fabricação da sacola deve ser realizada com precisão e exatidão. Durante o processo de montagem da sacola, moldes de madeira ajustáveis ​​especialmente feitos serão usados ​​para garantir que cada sacola tenha exatamente o mesmo formato e qualidade.

A bolsa Lady Dior foi constantemente reinventada, e você também pode personalizar sua própria Lady Dior através do serviço de personalização ABCDior.

A marca também deu início ao projeto de colaboração Lady Dior Artist, que convida os artistas a repensar a bolsa Lady Dior e transformá-la em uma bela obra de arte.

Imagem de Dior Lady Dior (S / S 1997) Imagem de Chanel Dior Lady Dior (F / W 2020) Imagem Dior Lady Dior (F / W 2020) Imagem de Chanel Dior Lady Dior (F / W 2020) Imagem de Chanel Chanel 2.55

Uma bolsa que mudou a história das bolsas femininas, a bolsa Chanel 2.55 nasceu em fevereiro de 1955 e foi projetada pela fundadora da marca francesa de luxo Gabrielle Chanel.

A corrente plana de metal que foi usada nas bolsas originais e o giro de metal sem logotipo na frente da aba da bolsa também são conhecidas como Mademoiselle Lock. Inspirada no esporte equestre favorito da Sra. Chanel, a textura acolchoada da bolsa se tornou uma das características icônicas da marca.

Uma série de processos é necessária para construir o modelo 2.55. Com exceção do corte do couro e do forro que é feito por uma máquina, são necessários seis trabalhadores 10 horas por dia para completar todas as 180 etapas à mão para completar uma bolsa.

Durante a temporada outono-inverno de 2020, a diretora artística da marca Virginia Veard engenhosamente incorporou o tecido de tweed grosso da coleção Ready-To-Wear no design da bolsa 2.55.

Imagem Chanel 2.55 (F / W 2020) Imagem de Chanel Chanel 2.55 Imagem Mini Chanel 2.55 Imagem de Louis Vuitton Capucines

Louis Vuitton abriu sua primeira loja na Capucines Avenue em 1854, que é como a elegante e atemporal série de bolsas Capucines recebeu seu nome. Desde o seu lançamento em 2013, tornou-se rapidamente um dos designs clássicos da marca.

Esta bolsa sofisticada e refinada, que exige mais de 250 operações artesanais individuais e várias etapas detalhadas para ser concluída, é definitivamente uma das bolsas que mostra o artesanato da Louis Vuitton em sua totalidade.

Um dos processos mais importantes é a técnica de afiação do couro. O couro passa por um processo de quatro etapas para criar um perfil levemente arredondado, após o qual uma cor personalizada será aplicada. Em seguida, é seco ao ar e seco novamente a 46 graus Celsius. Isso não apenas permite que a borda seja lindamente curvada, mas também torna a bolsa mais resistente.

Em uma época em que as máquinas estão substituindo o trabalho manual, a série Capucines ainda usa uma técnica tradicional chamada fio para tornar o couro do lado de dentro e a capa da bolsa mais resistentes. Devido à forma especial com que é feito, apenas artesãos altamente experientes podem executar bem esta técnica.

Desde 2013, as sacolas Capucines são lançadas em uma ampla gama de cores e materiais especiais para dar mais variedade aos clientes.

Imagem de Louis Vuitton Capucines Louis Vuitton Louis Vuitton Capucines image Louis Vuitton Louis Vuitton Capucines image Louis Vuitton Louis Vuitton Capucines image Louis Vuitton Louis Vuitton Capucines image Imagem de Louis Vuitton Miu Miu Miu Belle

O motivo matlasse é um ícone da marca Miu Miu.

A maioria de suas bolsas de couro enrugado é feita de pele de carneiro extremamente macia. Suave e elegante, é suave ao toque como uma esponja e, ao mesmo tempo, estilosa.

o que o mel é classificado como

Durante a temporada outono-inverno de 2020, a nova bolsa de mão Miu Belle foi introduzida e seu artesanato e design combinam muitos dos elementos mais distintos e icônicos da marca.

O corpo é construído com o clássico couro matlasse, e uma estrutura de metal polido e ganchos pretos brilhantes são usados ​​como elementos decorativos para a divertida bolsa Miu Belle em forma de nuvem.

As novas bolsas estão disponíveis em uma ampla gama de cores clássicas e sazonais.

As bolsas grandes são equipadas com alças tubulares de couro e alças removíveis, enquanto as pequenas bolsas são portáteis e podem ser equipadas com alças de corrente longa que combinam bem com roupas casuais do dia a dia ou roupas formais.

Imagem de Miu Miu Miu Belle Miu Miu Miu Miu Miu Belle image Miu Miu Miu Miu Miu Belle image Imagem de Miu Miu Valentino Garavani Rockstud Spike

Os rebites sempre deram às pessoas uma vibração de rock and roll e de rua, mas Valentino conseguiu combiná-los com a alta costura, apresentando um estilo único que é uma personificação perfeita do rock e da elegância que agora é o elemento característico da marca.

Além da clássica série Rockstud, a bolsa Rockstud Spike, que estreou no inverno de 2016, também é desenhada com rebites e rapidamente se tornou um modelo de sucesso.

Criada pelo diretor criativo Pierre Paolo Piccoli, a bolsa é uma forma retangular clássica feita de couro fino com um padrão de diamante criado por uma técnica de quilting habilidosa de um artesão. Você pode carregá-lo em uma corrente ou na mão.

Desde o seu lançamento, a série também adicionou novos elementos de design, como materiais, cores e estampas para tornar a bolsa mais visualmente interessante. Para a coleção Primavera Verão 2020 da marca, as bolsas Rockstud Spike foram remodeladas e agora exibem cores fluorescentes brilhantes, adicionando ainda mais personalidade à bolsa.

Imagem de Valentino Garavani Rockstud Spike Imagem de Valentino Valentino Garavani Rockstud Spike Imagem de Valentino Valentino Garavani Rockstud Spike Imagem de Valentino Givenchy Antigona

Este ano, a bolsa Givency Antigona comemora seu décimo aniversário.

A bolsa foi desenhada por Riccardo Tisci e estreou pela primeira vez na coleção outono-inverno 2010 da marca. É inspirado na trágica história da heroína mítica grega Antígona e seu espírito perseverante.

Esta bolsa boston de estrutura clássica com sua simplicidade elegante é construída sobre a premissa de um design limpo e minimalista. Para comemorar o 10º aniversário da Antigona, a marca deu à bolsa um visual mais macio e descontraído com o lançamento da nova série Antigona Soft.

A nova bolsa é feita de couro desleixado, mas mantém o contorno exclusivo e os detalhes triangulares de couro da bolsa Antigona original. A sua fluidez e textura delicada suavizaram a rigidez do design original, conferindo-lhe um toque mais descontraído e descontraído.

Imagem da Givenchy Antigona Imagem da Givenchy Givenchy Antigona Imagem da Givenchy Givenchy Antigona

Este artigo foi publicado pela primeira vez em ÍCONE e é traduzido por Valerie Toh.

Givenchy