Sanders: Trump um valentão e um demagogo, vote em Clinton

Muitos dos partidários obstinados de Sanders que chegaram à Filadélfia odeiam tanto a porta-bandeira do partido, Clinton, que não estão dispostos a apoiá-la - mesmo que o custo seja uma presidência de Trump.

Trump, sanders, clinton, sanders trump, donald trump, bernie sanders, hillary clinton, republicanos, democratas, Comitê Nacional Democrata, DNC, Hillary clinton, lixadeiras Bernie, eleições dos EUA, eleições dos EUA 2016, notícias das eleições dos EUA, notícias do mundoTemos que derrotar Donald Trump. Precisamos eleger Hillary Clinton e Tim Kaine, disse o senador de Vermont em um comício realizado horas antes da abertura da Convenção Nacional Democrata. (Fonte: AP)

Bernie Sanders exortou seus apoiadores relutantes a votarem em sua rival democrata Hillary Clinton para barrar o caminho de Donald Trump até a Casa Branca, classificando o republicano como demagogo.

Temos que derrotar Donald Trump. Precisamos eleger Hillary Clinton e Tim Kaine, disse o senador de Vermont em um comício realizado horas antes da abertura da Convenção Nacional Democrata.

Trump é um valentão e um demagogo, disse Sanders, cujo apelo para apoiar o candidato do partido Clinton em novembro foi recebido com zombarias e gritos de Queremos Bernie! da multidão empolgada.

A confabulação de quatro dias na Filadélfia teve um começo difícil após uma grande discussão interna sobre e-mails que vazaram que mostravam que os líderes do partido tentaram minar Sanders nas primárias do partido.

Muitos dos partidários obstinados de Sanders que chegaram à Filadélfia odeiam tanto a porta-bandeira do partido, Clinton, que não estão dispostos a apoiá-la - mesmo que o custo seja uma presidência de Trump.

Sanders endossou oficialmente seu rival e recebeu a oferta de um primeiro discurso na convenção, durante a qual ele enfatizará que a missão do partido é impedir que Trump se torne o 45º presidente dos Estados Unidos.

Ele martelou essa mensagem para seus apoiadores.

Irmãos e irmãs - irmãos e irmãs, este é o mundo real em que vivemos, disse Sanders.

Trump fez do preconceito e do ódio a pedra angular de sua campanha. Ao longo de sua campanha, ele insultou mexicanos e latinos. Ele insultou muçulmanos e insultou mulheres e afro-americanos. Não é apenas minha opinião. Isso é o que muitos republicanos conservadores acreditam, disse Sanders. Ele também disse que Trump é um perigo para o futuro de nosso país e deve ser derrotado. E pretendo fazer de tudo para que ele seja derrotado.